Beyond Measure: Exposição sobre Moda Plus Size

A complexa relação de amor e ódio das mulher plus com a moda é tema de uma exposição badalada em NY. Intitulada “Beyond Measure: Fashion and Plus Size* Woman” (“Além das Medidas: Moda e as Mulheres Plus Size*), ela faz parte da conclusão de curso do programa de mestrado em moda da Universidade de Nova York.

beyond-mesure-exposição-plus-size-kauê-plus-size

Na mostra, que ocupa a galeria 80SWE até 3/2, os mestrandos convidam a uma reflexão sobre a era de culto quase obsessivo à magreza e como isso foi uma construção social. Começa com imagens das roliças musas da Renascença até os dias atuais, onde uma plus size pra lá de descolada acaba de arrematar o concorrido primeiro lugar no hit televisivo Project Runnaway.

beyond-measure-kauê=plus-size-Ashley_Nell_Tipton_projectRunway_2

Aliás, Ashley Nell Tipton conquistou a vitória no reality desfilando peças ousadas e fashionistas para também mulheres gordinhas. Uma conquista dupla e memorável, um passo importante na democratização da moda em relação à diversidade.

beyond-measure-kauê=plus-size-anuncio de engorda

E um dos momentos curiosos, são expostos cartazes de propagandas de GANHO de peso. Sim, lá pelo anos 50, ser magrela não era um bom negócio. Em anúncios como este acima, mulheres magrinhas eram sempre denegridas. O ideal de beleza era mulheres curvilíneas como Marilyn Monroe e Sophia Loren. A estética da magreza andrógena para modelos  só entrou para o mainstream a partir de meados da década de 60 com as tops Veruska e Twiggy.

beyond-mesure-exposição-plus-size-kauê-plus-size-ellis

Outro ponto importante é a foto de uma das musas do estilista Jean Paul Gaultier, a plus size Stela Ellis. Em plena era das supermodelos, no início da década de 90, a parceria entre os dois rendeu modelitos e fotos incríveis. Em 2006, o estilista voltou a levar mulheres de tamanhos grandes à cena fashion, com a modelo Velvet D´Amour escandalizando a semana de moda de Paris recheando um espartilho 56.

MarieDresslerNewMovieMagazineMarch1931
Marie Dressler: uma das pioneira na criação da moda plus size, ainda nos anos 30.

O “*” após o plus size no título é, segundo os mestrandos, um convite a discussão sobre o termo politicamente correto. Entre outras coisas, a mostra procura debater o porquê a palavra “gorda” deixou de ser um adjetivo para uma característica física (tal como alta, loira, etc) e passou a ser um xingamento pesado.

main
“Is This Plus-Size Trend Actually BAD For Body Image?” , Kristiina Wilson, 2015

Visite o site da mostra para mais informações, inclusive APP e tour virtual: clique AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *