Corselet: das rainhas históricas às rainhas do pop

 famosa indumentária do século XIV continua na moda e cada vez mais consumidoras buscam pela peça. Confira dicas de como usar

satellite1

 

 
Foto: Divulgação Ampliar

Corselet: sexy, sem ser vulgar. Valoriza o corpo da mulher e deve ser encomendado sob medida

Desde o século XIV o corselet era peça obrigatória no guarda-roupa da realiza, passando por períodos históricos como o Renascimento, Romantismo e Belle Époque . Até hoje, já vestiu nomes da corte como a rainha Elizabeth, Carlota Joaquina e Maria Antonieta.

Hoje, o item sexy ainda é procurado pelas mulheres em busca da valorização do corpo e da feminilidade, sem cair no clichê vulgar. As rainhas do pop, como Madonna,  Britney Spears e Lady GaGa que o digam… Volta e meia estas e outras celebridades são clicadas usando o corpete.

Antes de comprar um, confira as dicas da estilista carioca Patricia Vergara de como usar e adequar a peça ao seu tipo de corpo e personalidade. A designer assina diversos modelos para tipos diferentes de mulheres, inclusive uma linha especial para noivas. O trabalho de Vergara pode ser conferido no site do Atelier de Moda Patricia Vergara. E lembre-se: coselet e espartilho são itens diferentes. O espartilho é usado por baixo e o corselet por cima da roupa.

O coreselet pode ser usado para diminuir medidas?
A peça é para ser usada como adorno e não para quem deseja perder centímetros radicalmente. Uma boa modelagem e uma firme estrutura já proporcionam à mulher uma postura correta.
 

Existe idade, peso ou alguma característica que a mulher deve ter para usá-lo?
Não. A peça é feita pra todas e o corselet ideal é sob medida. Tem que ficar perfeito no corpo. Afinal, cada mulher é única.

Crianças podem usar?
Para as crianças, a ideia é buscar peças com estampas alegres, como as florais e com muito rosa, pois elas adoram. Para o conforto, o corselet infantil deve ter alças. Também chamam a atenção os itens desenvolvidos em cima de algum tema, como Emília e Moranguinho. As barbatanas neste caso são em plástico e os tecidos são sempre 100% algodão.

E no caso das gordinhas?
As mais gordinhas ficam felizes em descobrir que podem também usar corselet, tendo em vista que são feitos sob medida. Com a peça, elas ganham um pouco de cintura e se sentem femininas.

Para mais informações acesse agora mesmo: http://moda.ig.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *