Figurino de Ti-ti-ti, próxima novela das 7

Marília Carneiro comenta a caracterização dos principais personagens

Com estreia marcada para julho, “Ti-ti-ti” entra na grade da TV Globo para substituir a novela das 7, “Tempos Modernos”. A trama é um remake do folhetim homônimo de 1985, e ainda irá aproveitar histórias de outra atração, “Plumas e Paetês”, exibida em 1981.Por ser focada no universo fashion, é certo que as atenções se voltarão para a caracterização dos personagens. Marília Carneiro, responsável pelo figurino, garante que não olhou a história anterior para compor a atual: “A 1ª versão era totalmente influenciada pela moda dos anos 1980. Eu nem sequer a vi, porque decidi criar completamente do zero. A concepção deste figurino foi feita como em qualquer novela: a partir do perfil dos personagens que recebemos na sinopse”.

Se o mundo fashion é o foco da novela, a preocupação com as informações de moda então deve ser maior, correto? Não para Marília. Mas isso não significa que o figurino não será destaque na trama. “Ti-ti-ti gravita em torno do mundo fashion. O figurino também terá a função de estar no foco, de ser assunto entre os personagens. As roupas serão comentadas, criticadas, elogiadas e, com isso, certamente terão um destaque maior”, explica.

No centro da trama, estão 2 estilistas. Para Jacques Leclair, Marília aposta em uma caracterização mais romântica, mais barroca. “O ator Alexandre Borges está com os cabelos mais compridos, escovados, em uma inspiração direta no Dener [Pamplona], costureiro brasileiro”, explica. Já o espanhol Victor Valentim, interpretado por Murilo Benício, terá como palavra de ordem a ousadia: “Ele é mais clean, moderno, mais abusado. A minha referência é o estilista John Galliano”.

Na ala feminina, a figurinista destaca Luísa, personagem de Guilhermina Guinle, que será dona de uma agência de modelos. Fashionista, ela usará muitas referências de moda bem atuais. Também há Suzana (Malu Mader), editora de moda. “Ela tem muito bom gosto para se vestir. Usa, por exemplo, blusões de algodão indiano, que eu amo. A personagem de Christiane Torloni, Rebeca, tem um estilo mais clássico, bem Jackie Onassis”, afirma.

Sobre os prováveis hits da novela, Marília ainda faz mistério: “É muito difícil imaginar o que vai fazer a cabeça das pessoas. Quando um figurino `acontece´, vem junto do sucesso do personagem, da maneira com que ele foi escrito ou da interpretação do ator. O figurino nunca acontece sozinho. Mas estou caprichando para que isso aconteça. Tomara que gostem de várias peças”.

Fotos: Divulgação/TV Globountitled11
untitled21
untitled31
untitled4 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *