Madrugada gastronômica em Higienópolis


Uma descolada feira noturna acontecerá na cidade de São Paulo, estão sendo esperadas 500 pessoas para o evento.

Checho Gonzáles e Henrique Fogaça: expectativa de 500 pessoas para o evento

Checho Gonzáles e Henrique Fogaça

O cachorro quente, representa uma das poucas opções disponíveis aos baladeiros, que depois da noitada, não encontram nada melhor para comer. O chef Checho Gonzáles, faz parte da categoria dos boêmios órfãos de boas opções. E diz “Uma cidade tão viva quanto São Paulo precisa oferecer bons serviços em todos os horários do dia”.

Buraco quente do Na Cozinha: recheio de picadinho

Com a finalidade de acabar com essa brecha, ele desenvolveu uma ideia original: reuniu alguns profissionais de restaurantes e bares badalados para organizar uma feira gastronômica durante a madrugada, na qual os participantes podem oferecer suas especialidades e vender alguns ingredientes bacanas em barraquinhas montadas no local.

Batizado de “O Mercado”, terá sua primeira edição no próximo sábado (21), Dia de Tiradentes, na Rua Minas Gerais, 2265 em Higienópolis, no pátio do Sal Gastronomia. Treze profissionais aderiram ao projeto e estarão lá da meia-noite às 5 da manhã oferecendo, por preços entre 5 e 20 reais, diversas opções de pratos e petiscos.

Cannolis: os doces do chef Alexandre Leggieri estarão disponíveis na feira

Sobremesas e bebidas também estarão garantidas em “O Mercado”. A ideia ganhará uma versão maior no Minhocão durante a Virada Cultural, que acontece entre os dias 5 e 6 de maio. “Serão vinte chefs cozinhando para cerca de 40.000 pessoas”, antecipa Daniela Narciso, que está organizando a iniciativa.

Fonte: http://vejasp.abril.com.br/revista/edicao-2265/o-mercado-madrugada-higienopolis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *