Maquiagem para cair na folia

É Carnaval! Hora de escolher a fantasia e cair na folia. Na composição do look foliã, o make escolhido pode virar protagonista – ou ainda afundar o que seria uma composição incrível. Na missão de apontar os principais erros e sugerir o que há de melhor em uma maquiagem carnavalesca, o expert G Junior foi escalado.

Queridinho de it-girls e celebs como Paloma Bernardi e Daniela Sarahyba e nome disputado entre as noivas do Rio, o beauty artist acaba de abrir seu primeiro espaço próprio por lá, o Ponto G, destino certo para a fiel clientela de cariocas da gema que pretende sobreviver linda – e assim permanecer – por todos os dias de festa. Tome nota de truques imbatíveis para manter a maquiagem intacta do bloquinho ao baile de gala, passando pela avenida.

16789952_268676476896969_4869665668603052032_n

O primeiro roteiro da semana da festança é o bloquinho de rua. E uma maquiagem apropriada à ocasião é super necessária. Segundo G, a dica inicial é evitar todo tipo de produto à base de água – e que não seja à prova d´água ou resistente à água. É bom lembrar que o make tem de durar o dia todo! “Evite usar base, use mais protetor solar e opte por algum com cor. Não esqueça de passar um primer para fechar os poros”, sugere.

A missão é brilhar, mesmo na rua e debaixo do sol. “Temos ‘licença poética’ para usar brilho, glitter (…) se puder, dê preferência aos ecologicamente corretos”, diz o profissional. Esqueça a cola em bastão do estojo da escola. O truque para colar o glitter – e fazer com que ele não saia do lugar – é optar por cola de cílios postiços. Ao final, a cola sai com demaquilante comum e o glitter pode ser retirado com um bom demaquilante bifásico à base de óleo.

g-junior-2

Assim como a sombra e a pele, o batom tem que chegar intacto até o final do dia. “Faça um contorno dos lábios com um lápis à prova d´água. Depois disso, aplique o batom. Se for vermelho, leve-o na bolsa mesmo que a ideia é beijar muito na boca. Não esqueça de fazer o retoque. O importante é estar linda até o final do bloco”, ensina G.

Pode ser no Rio de Janeiro ou em São Paulo: os sambódromos estão lotados de gente produzidíssima. E qual é a maquiagem ideal para curtir a Avenida? “Esse make tem brilho, tem produto para fixação e tem proteção à água”, explica o maquiador, que costuma ser procurado por celebridades que passam a noite nos camarotes e ainda desfilam nas agremiações. “Recomendo também que a pessoa não vá com o cabelo solto. E um penteado bem feito ainda incrementa o visual”, diz.

g-junior-1

Cílios postiços estão liberados. Mas a escolha do modelo é importantíssima. Fique atenta aos de pena. “É que dependendo do estilo da pena, pode parecer que a pessoa tem o olhar caído. A escolha deve levar em consideração o formato e tipo de olho”. Por fim, um lecinho do tipo “tira brilho” é um must-have dentro da bolsa, ideal para quem transpira muito.

Estar luxuosa e acertar na composição no baile de gala é como levar o campeonato na Avenida. O beauty artist explica: “Numa festa de gala, por mais que uma fantasia seja pedida, o exagero não cai tão bem. Tudo tem de estar em harmonia”, pondera.

Segundo ele, o ponto de partida ao se arrumar e escolher a maquiagem ideal é descobrir qual mulher você quer ser na ocasião. “Se você se acha segura para ‘vestir’ um personagem, está liberado fazer aquele olho maravilhoso, com muito brilho. Se é do tipo mais discreta, invista em uma pele bem feita, em um olho com o côncavo com marcação mais suave, e por aí vai”, completa.

Ponto G
Tel: (21) 98211-1513
Rua Custódio Serrão, 46 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro
www.gjunior.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *